Os rostos por trás do trabalho importante: conheça Jonas Montoute

Os rostos por trás do trabalho importante: conheça Jonas Montoute
Hoje, conheça o engenheiro de pesquisa e desenvolvimento II, Jonas Montoute.

Jonas trabalha no Vermeer Applied Technology Hub (VATH), localizado em Ames, Iowa. A equipe na VATH se dedica a analisar tecnologias emergentes que pode criar e adotar ou desenvolver. Ele está com a Vermeer há quase três anos. Porém, seu amor pela engenharia começou muito antes de vir para a Vermeer.

“Isso remonta aos meus 14 anos– eu já sabia o que queria fazer. Sabia que queria ser engenheiro”, disse Jonas. “Enquanto crescia em St. Lucia, li todos os livros sobre eletrônica que podia na biblioteca local. Eu desmontava completamente todos os equipamentos eletrônicos que conseguia. Construía fontes de alimentação e consertava os rádios dos vizinhos.”

No segundo grau, Jonas descobriu o amor pela física, que ele descreve como a base da engenharia. Ele entrou na faculdade local para estudar física e matemática, criando as bases para sua carreira em engenharia. Após estudar, Jonas lecionou durante cerca de 1 ano e meio em St. Lucia, antes de se mudar para os EUA. Foi aí que ele começou seus estudos técnicos na Grambling State University, e seu amor pela engenharia realmente decolou.

“No meu último ano de universidade, me apaixonei pelos sensores”, conta Jonas. “Trabalhei em um sensor que ajudava pessoas cegas.”

Depois de formado, Jonas continuou seus estudos universitários, investindo na paixão pelos sensores. Nos seis anos seguintes, ele trabalhou em diferentes sensores. Em um momento, trabalhou para desenvolver a tecnologia de sensores para perfuração direcional horizontal (HDD). Sua experiência em HDD tornou natural a transição para o trabalho na Vermeer, ao concluir os estudos.

“Hoje, lidero uma equipe de três engenheiros e dois estagiários”, diz Jonas.

Quando questionado sobre o que continua estimulando sua paixão pela engenharia, Jonas diz que tudo se trata de resolver problemas e ter um impacto.

“Tive a sorte de trabalhar com muitos indivíduos brilhantes, criativos e espertos”, ele diz. “Aprendi que a engenharia tem a ver com obter as ferramentas certas para resolver um problema. Uma vez li que a engenharia é o uso intencional da ciência, e isso é essencialmente o que ela faz: melhorar a vida das pessoas e tornar as coisas mais eficientes.”

A equipe do VATH está sempre experimentando novas tecnologias e enfrentando novos desafios. Se você se entendia facilmente, a engenharia pode ser a carreira certa para você.

“Você tem que ter paixão pela resolução de problemas ou vai ficar louco”, diz Jonas. “Muitas vezes, você ouve que [a engenharia] é muito difícil ou que tem muita matemática, mas, no final, tudo tem a ver com a paixão por resolver problemas.

“Não se trata apenas de matemática e ciências. Você tem a base científica, mas há uma forma artística de fazer as coisas, você faz algumas coisas por intuição ou sentimento, não é só ciência.

“Além disso, há as relações que você constrói. Não se trata apenas de visões e pensamentos e ideias, mas também de estar receptivo a outras formas de pensar.”

Fique atento para conhecer mais engenheiros que realizam um trabalho importante ao comemorarmos a semana da engenharia este mês.

Artigos de notícias recentes

Dino Longi encontra a felicidade e sucesso na Vermeer.

mai 17, 2021

Na Vermeer, somos apaixonados por ajudar os membros da nossa equipe a aprender e crescer. Estamos emocionados por celebrar a recente graduação do soldador Welder Dino Longi! Leia a história dele.

Leia mais

Os rostos por trás do trabalho importante: conheça Kristine Nielsen

abr 30, 2021

Conheça a engenheira de design I, Kristine Nielsen. Perguntamos a ela sobre sua carreira em engenharia, como ela começou e muito mais!

Leia mais

Celebrando o importante trabalho dos soldadores da Vermeer

abr 12, 2021

Este é o Mês Nacional da Soldagem! 

Leia mais